Se a batata-frita une carnívoros e veganos, o hambúrguer que acompanha a deliciosa refeição também pode ser de carne ou vegetais

Poucas comidas são tão populares quanto o bom e velho hambúrguer (a pizza, será?). Muitos outros sanduíches podem ser admirados e famosos, mas o hambúrguer é [e continuará sendo] um símbolo da comida rápida e de uma forma de comer sem grandes rituais. O pão envolve a carne prensada e permite que se coma com as mãos. Confere ao hamburger o mesmo status de praticidade de outros alimentos, como a batata frita, a batata smile, os anéis de cebola etc – embora tenha quem prefira comer com talheres.

A história do surgimento do hambúrguer não é clara. Contam que a carne moída, temperada e frita era um alimento barato e rápido. Algo comum nas proximidades da cidade alemã de Hamburgo – será daí o nome? Sua versão no pão teria surgido em Nova York, por influência dos imigrantes hamburgueses, onde também ganhou complementos de queijo, cebola, alface, picles e, claro, ketchup, de onde alçou fama nacional e se tornou o queridinho de todo um país.

E para quem adora uma desculpa para se deliciar com esse sanduba apetitoso, dia 28 de maio é o Dia Internacional do Hambúrguer. Muitos restaurantes aproveitam a data exatamente para promover o lanche. Vale de tudo: receitas diferentes, combos repletos de acompanhamentos ou até mesmo versões dos clássicos que levam dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles, num pão com gergelim (você leu cantando, não foi? 🙂

Mas com o crescente do número de vegetarianos e veganos, o mercado precisou se reinventar. Segundo um estudo realizado pela SVB – Sociedade Vegetariana Brasileira, houve um salto histórico no número de brasileiros que se declaram vegetarianos. Em 2011, o IBOPE fez sua primeira pesquisa sobre o número de vegetarianos no país. Naquele momento, os resultados do estudo mostraram que 9% da população se declarava vegetariana. Na época, essa porcentagem representava cerca de 17,5 milhões de brasileiros.

Corta para agora: uma nova pesquisa do IBOPE aponta que 14% dos brasileiros se declaram vegetarianos atualmente. Considerando a estimativa oficial do IBGE sobre o total da população brasileira, são cerca de 29,2 milhões de vegetarianos. Nas regiões metropolitanas de São Paulo, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro, esse percentual sobe para 16%.

Os dados da SBV ainda mostram que 55% dos entrevistados consumiriam mais produtos veganos (sem nada de origem animal) se houvesse uma melhor sinalização nas embalagens. Se os produtos veganos tivessem o mesmo preço dos produtos de origem animal que eles estão acostumados a consumir, 60% dos entrevistados daria preferência a eles na hora da decisão de compra. Se considerarmos as capitais, o percentual de entrevistados que daria preferência aos produtos veganos [se eles tivessem o mesmo preço dos não veganos] chegou a 65%.

O mercado de hambúrguer plant-based

Seguindo essa tendência, as hambúrguerias já estão se preparando para atender o desejo dos consumidores. Até mesmo quem ainda não é vegano, já deu sinais de que a mudança no hábito vale uma forcinha se a opção de hambúrguer vegetal estiver no cardápio.

Optar por hambúrgueres plant-based quando surgir aquela imensa vontade de comer um lanche também demonstra uma preocupação com o meio-ambiente. Então se você tem um estabelecimento que não está preparado para essa tendência, o momento é agora.

As receitas podem levar desde cogumelos e soja, até os tradicionais grãos, como grão-de-bico, lentilha e feijão. Para quem prefere uma opção com mais carboidratos, receitas à base de abóbora rendem uma versão deliciosa.

Segundo chefs que apostam em opções vegetais, o segredo está na combinação de ingredientes que garantem textura, sabor e aspecto semelhantes ao da carne. Sabia que já existe até bacon vegetal? E é uma delícia!

Então se você ainda não embarcou nessa onda, se inspire no Dia do Hambúrguer e já prepare o cardápio com esse pensamento. Seus clientes vão adorar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Veja mais conteúdos que podem te interessar

Comentários

Comentários estão fechados.