A gôndola, lugar onde o produto é exibido nas lojas, farmácias ou supermercados, é essencial para alavancar as vendas. O que poucos sabem é que não basta deixar a mercadoria ao nível dos olhos ou das mãos para atrair a atenção do consumidor.

A decisão de compra depende também de uma estratégia comercial, isso envolve planejamento e um olhar cuidadoso sobre a disposição dos produtos, não só nas prateleiras, mas também em todo o espaço físico da loja. Ou seja, você pode lucrar mais sabendo como aproveitar cada área do seu ponto comercial.

Arrumação de prateleiras e gôndolas

Algumas pesquisas de marketing apontam que o consumidor leva, em média, um minuto e meio para escolher um artigo na gôndola. Daí a necessidade de fazer uma ação combinada entre a forma como o produto é apresentado e a experiência de compra vivenciada no seu estabelecimento. Para aproveitar todas as possibilidades que seu comércio oferece, separamos aqui sete dicas para organizar seus produtos e aumentar as vendas:

 

  1. Cada produto exige uma disposição diferente no espaço:

    No varejo, o aspecto visual assume uma grande importância, por isso, o layout das prateleiras, a iluminação e a limpeza do local são essenciais para definir a compra. Segundo estudos de Neuromarketing, 83% dos consumidores consideram a aparência das embalagens um fator decisivo para adquirir o artigo. Em função disso, tenha cuidado com a higienização das mercadorias e fique atento ao excesso de produtos no corredor. Amontoar um monte de mercadorias num mesmo lugar pode atrapalhar a venda, dificultando a visualização dos produtos de interesse e causando a famosa “poluição visual”. O ideal é dispor os produtos por categorias, marcas e tipos, dividindo-os em setores: limpeza, frios, higiene, cesta básica, etc.

  2. Seja estratégico na exibição dos produtos nas prateleiras:

    Já notou que perto dos caixas de supermercado sempre estão doces, revistas e chocolates? Essa é uma forma de aumentar as vendas por impulso, enquanto o consumidor espera ser atendido pelos caixas. Além disso, a organização estratégica dos produtos é determinante para a decisão de compra. Pesquisas indicam que, na cultura ocidental, os clientes compram mais os itens que ficam ao nível dos olhos e das mãos e dispostos da esquerda para direita. Em relação às prateleiras, você pode organizá-las verticalmente ou em blocos. No primeiro caso, juntam-se os produtos semelhantes, mas de marcas diferentes de cima para baixo. No centro, serão colocados os itens com mais saída, enquanto os outros podem ficar expostos na linha acima da cabeça ou abaixo da cintura do cliente. Na arrumação por blocos, no entanto, os produtos diferentes são agrupados por marcas. Mas, esse modelo está caindo em desuso.

Lembre-se que a organização das prateleiras também deve se ater ao público-alvo e aos influenciadores que induzem a compra. Para crianças, por exemplo, os produtos devem ser exibidos na parte inferior das gôndolas – na altura dos olhos dos pequenos – e com embalagens que chamem a atenção.

  1. Fique atento às áreas de maior circulação do seu estabelecimento

    Você já observou que tem algumas áreas da loja que os clientes se aglomeram mais? Nas áreas de maior circulação é possível direcionar os produtos que dão maior lucro ou estimular a compra de produtos com pouca saída, dependendo da estratégia que queira utilizar. O importante é que você entenda onde seus clientes ficam mais e como explorar esse local para atender as suas necessidades. Normalmente, as extremidades das prateleiras são áreas de destaque, pois colocam em evidência poucos produtos que potencializam as vendas.

  2. Capriche na decoração dos corredores nas datas comemorativas

    Você pode criar espaços exclusivos para os produtos sazonais. É muito importante que todos os produtos que se referem às datas comemorativas estejam reunidos numa única seção e num lugar bem visível e de grande e circulação.

  3. Na hora de organizar os produtos, pense nas necessidades do consumidor


    Você já deve ter observado que próximo ao pacote de macarrão sempre está ao lado o queijo ralado e o molho de tomate. Isso é uma técnica muito eficiente de colocar juntos os produtos que se complementam entre si, assim, o consumidor encontrará rapidamente todos os itens que necessita para fazer um prato. Ou vai lembrar que além do shampoo, precisa comprar o sabonete.

  4. Dê destaque às promoções


    Posicione os itens promocionais nas prateleiras da frente ou em balcões móveis nos pontos de grande circulação. Invista em uma decoração criativa e chame a atenção dos descontos e dos preços baixos. O cliente precisa “bater o olho” e ver qual é a vantagem daquela promoção. Por isso, deixe preços e condições de pagamento em evidência. Utilize banners, faixas ou materiais promocionais para identificar os itens ofertados. Mas tenha certeza que o produto tem estoque porque não há nada que irrita mais o consumidor do que ver uma oferta e descobrir que aquele produto não está mais disponível.

  5. Sinalize claramente as seções e as informações dos produtos

    A experiência que seu cliente vai ter na sua loja é tão importante quanto a oferta de mercadorias. É essa experiência que vai definir se ele voltará ou não ao seu estabelecimento. Portanto, é fundamental orientá-lo claramente a circular no local e garantir que os produtos sejam apresentados de forma que ele entenda imediatamente as informações: o preço, a data de validade, onde eles estão e para que servem. As informações devem ser concisas e claras. Os preços, as datas de validades e as condições de pagamento devem estar em evidência junto ao produto ofertado. Evite mensagens dúbias que possam confundir o cliente. Se ele se sentir ludibriado, pode acabar com a imagem do seu comércio.

Gostou das dicas? Compartilhe com a gente qual as técnicas que você pretende adotar para incrementar os seus negócios.

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Veja mais conteúdos que podem te interessar

Comentários

Comentários estão fechados.