O controle de frotas em uma empresa é fundamental. O setor responsável por essa tarefa, cuida das papeladas dos motoristas, relatórios de quilometragem, trajetos, gastos com pedágios, estacionamentos e muito mais.

Controlar uma frota de veículos exige cuidado com os dados. Afinal, nem sempre uma planilha estará com a última atualização e, se isso ocorrer, todos na equipe ficarão sem esse controle.

Além disso, os custos são variáveis, dependem de rotas, das distâncias, da quantidade de pedágios e muito mais. Por essa razão, é comum que o pessoal de controle de frota saia correndo atrás de algum modelo de planilha bem construído para dar conta do recado, mas nem sempre isso é possível.

Então, para ajudar você nessa missão cheia de detalhes, separamos 5 dicas.

5 dicas para melhorar a gestão da sua frota de veículos

1.   Liste todos os veículos de sua empresa

Organize. Comece com uma listagem dos veículos. Independentemente do tipo de veículo, anote dados, como: modelo, ano, placa e quantidade disponível.

Assim, para garantir o controle da gestão da sua frota de veículos, você terá todas as informações necessárias sobre os meios de transporte e poderá usá-los da forma mais inteligente possível.

2.   A importância do GPS

O GPS é capaz de mostrar onde o veículo passou, em qual momento e até qual foi a velocidade média de viagem, dessa forma ele ajuda no controle de frota.

Sem GPS, o controle do trajeto e do uso do veículo fica menos preciso, e imprecisão na hora de fazer o gerenciamento da frota é um pesadelo! Onde está o carro? O motorista seguiu a rota? Usou o veículo para ir a outro lugar? Essas são dúvidas que o GPS responde tranquilamente, portanto, não abra mão dele.

3.   Atenção às condições dos veículos

Demorar para trocar o óleo de um carro, por exemplo, pode resultar em motor fundido, o que representa um gasto muito maior do que uma simples troca de óleo, além de mais tempo parado na oficina.

Um dos segredos para a boa gestão de frotas é ficar atento à manutenção, não relaxar com os cuidados periódicos e nunca abrir mão das revisões. Além de serem importantes para detectar defeitos mais graves, as revisões servem para reparar pequenos danos, ajustar peças e componentes e, claro, garantir a segurança dos motoristas.

4.   Escute seus motoristas

O feedback sobre como anda a frota de veículos é importante. Imagine que sua empresa trabalha com entregas de pequenos objetos e a demanda não é tão grande. Então, qual é a razão para usar um caminhão baú em vez de uma minivan?

Seus motoristas podem surgir com boas ideias, dar opiniões importantes, que vão servir de base para a empresa tomar decisões quanto aos veículos. Chegou a hora de trocar? O carro não está bom? O consumo de combustível é muito alto? Ninguém melhor do que o motorista para informar sobre a qualidade da frota e como ela é útil no dia a dia.

5.   Custos da viagem

Com os adesivos (tags) de pedágio nos veículos, a gestão da frota pode dispensar as velhas planilhas e arquivos de reembolso e os colaboradores de sua empresa ficam livres de filas de pedágio e guichês de estacionamento.

A tag de pedágio permite acompanhar todos os dados em tempo real, quando quiser e tudo centralizado no aplicativo ou site da empresa.

Os relatórios gerenciais obtidos ao utilizar os sistemas de tags podem ser filtrados por veículo, período e tipo de estabelecimento em que ela foi utilizada. Tudo em uma plataforma fácil de usar.

Ter uma gestão de custos de frotas eficiente com controle detalhado e automatizado das despesas com pedágios é fundamental para você melhorar a produtividade, reduzir erros e minimizar perdas.

Evite controlar manualmente as despesas e eleve o nível de gerenciamento do seu negócio, conte com Veloe para ser o seu parceiro nas tags de pedágio da sua frota!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Veja mais conteúdos que podem te interessar

Comentários

Comentários estão fechados.