Seja o destino de sua road trip próximo ou distante, o importante é preparar o carro antes de viajar. Dar atenção aos principais pontos de revisão, permite realizar uma viagem tranquila.

Tão importante quando arrumar sua mala de viagens, para não esquecer aquele item essencial é se atentar às necessidades do veículo. Portanto, garantir que a manutenção do veículo esteja em dia e que todos os seus itens funcionem corretamente é um cuidado que não assegura apenas a sua segurança, mas também de quem vai lhe acompanhar, bem como dos outros motoristas na estrada.

A seguir, descubra os principais cuidados que devem ser observados antes de qualquer viagem de carro para que o trajeto seja cheio de lindas paisagens, tranquilidade e proteção.

Dicas para preparar o carro antes de viajar

Preparar o carro antes de viajar demanda atenção a diferentes tipos de cuidados. Entre eles:

1.   Calibragem dos pneus

Pneus em ótimas condições são indispensáveis para a estabilidade da direção. Com isso em mente, verifique todos antes de viajar, inclusive o estepe, procurando por desgastes excessivos, bolhas ou furos.

Se os pneus estiverem carecas, troque-os antes de pegar a estrada. Preste atenção também em trincas e amassados nas rodas.

Se tudo estiver em dia, lembre-se de calibrar todos os pneus seguindo a recomendação indicada no manual do veículo.

2.   Alinhamento e balanceamento do veículo

Os procedimentos de balanceamento e alinhamento também são diretamente ligados à estabilidade do carro. São eles que garantem conforto na direção, evitam puxões ou “sobras” no volante, bem como vibrações na estrada.

Esses cuidados devem ser realizados periodicamente e antes de qualquer viagem de carro. Além de agregar mais segurança, essa medida também ajuda a poupar combustível e minimiza o desgaste excessivo dos amortecedores, suspensão e pneus.

3.   Suspensão

Algumas estradas brasileiras possuem irregularidades e buracos na pista. Uma suspensão em dia ajuda a superar as más condições do asfalto.

Além do balanceamento e alinhamento, mencionados no item anterior, é importante manter-se atento a eventuais ruídos, que podem se manifestar durante alterações na pista. Esses barulhos indicam desgastes na suspensão e a necessidade de revisão.

4.   Óleo e demais fluidos

Trocar o óleo do motor no prazo recomendado no manual do veículo é fundamental. A substituição de óleo e filtro de óleo deve ser feita rigorosamente na frequência indicada pelo fabricante. O tipo de óleo também precisa estar dentro das especificações técnicas recomendadas, sendo totalmente desencorajadas qualquer mudança. Ou seja, jamais substitua o óleo por um modelo que não seja o recomendado no manual.

Para ter uma viagem segura, confira a data da troca seguinte, garanta que não existam vazamentos e se o estado do óleo está em dia.

Não deixe de observar os demais fluídos, como combustível do reservatório de partida a frio, os fluídos da embreagem, direção hidráulica e freio, além do líquido de arrefecimento.

São eles que regulam a temperatura dos componentes do carro, facilitam o trabalho do motor, diminuem o atrito das peças, entre outras vantagens indispensáveis para a sua segurança. Importante mencionar também para não deixar qualquer pessoa examinar para você tais itens, garanta que essa análise seja feita em oficinas credenciadas e/ou por profissionais capacitados.

5.   Freios

A correta frenagem do veículo é fundamental para a segurança na viagem. Por isso, verifique o desgaste das pastilhas de freio, o estado do disco e a capacidade dos freios dianteiros e traseiros.

Além disso, se o freio apresentar inconformidades, ou até sinais aparentemente pequenos, como leves ruídos, realize a troca do componente afetado imediatamente.

6.   Revisão dos itens de segurança

Todos os itens de segurança do veículo devem estar em dia para garantir a segurança da sua road trip.

Portanto, cheque se o cinto de segurança está funcionando corretamente, se as ferramentas de manutenção estão em dia, se o triângulo e o extintor de incêndio estão em seus devidos lugares e se os limpadores de vidro estão em plenas condições. Todo cuidado é necessário.

7.   Parte elétrica

Confira se a parte elétrica está funcionando corretamente. Teste os faróis, lanternas e piscas alertas para garantir boa iluminação no asfalto, facilitar a sua visualização por outros motoristas e “comunicar-se” com outros veículos.

Troque lâmpadas queimadas ou fracas. Os sinais do painel também devem estar funcionando, pois são eles que indicam eventuais problemas no desempenho do veículo. Se algum sinal no painel permanecer acesso, confira no manual o que ele significa e não pegue estrada com o veículo indicando algum problema. Prefira resolver primeiro para viajar com segurança.

Para finalizar, avalie as condições da bateria, como está sua vida útil e se está funcionando corretamente — afinal, ela alimenta todo o sistema elétrico.

Este artigo foi produzido em parceria com a Veloe uma empresa da família Alelo.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Veja mais conteúdos que podem te interessar

Comentários

Comentários estão fechados.