Os benefícios para colaboradores são uma ótima forma de reconhecer, valorizar e recompensar os talentos da sua empresa. Além disso, trazem uma série de vantagens, como satisfação e motivação do pessoal. No entanto, para que esse objetivo seja alcançado, é preciso saber escolher os ideais.

Tornar o trabalho ainda mais atrativo é uma forma eficiente de promover a produtividade das equipes e, por consequência, reter profissionais importantes para o negócio. Contudo, é importante se manter atento para não chover no molhado e oferecer como diferencial um benefício que acaba sendo obrigatório pelas leis trabalhistas.

Se você tem dúvidas sobre esse assunto e quer aprofundar ainda mais o seu conhecimento, além de descobrir como escolher os melhores benefícios para colaboradores, fique conosco. No post de hoje vamos esclarecer uma série de informações e ainda ajudar a escolher os benefícios certos para motivar suas equipes. Confira!

Os benefícios obrigatórios

A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) determina alguns benefícios obrigatórios, oferecidos para todos os funcionários de uma empresa. Alguns deles chegam a ser descontados do próprio trabalhador, enquanto outros podem ser recusados por ele. Confira alguns:

  • Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) — é um benefício que recolhe 8% do valor do salário e só pode ser retirado em caso de demissão sem justa causa ou em algumas situações específicas determinadas por lei;
  • férias — todo trabalhador tem direito a 30 dias de descanso a cada 12 meses de trabalho e deve receber sua remuneração acrescida de 1/3 do salário nesse período, além de receber o valor proporcional em caso de demissão;
  • 13º salário — é chamado dessa forma por ser um salário extra recebido no final de todos os anos, sempre proporcional ao tempo trabalhado durante o período;
  • adicional noturno — todos aqueles que trabalham entre as 22 horas e as 5 horas devem receber um adicional somado ao salário mensal;
  • vale-transporte — apesar de ser determinado por lei, esse é um benefício que pode ser recusado, pois, desconta até 6% do valor do salário para quem depende de transporte para chegar ao local de trabalho.

Com exceção desses benefícios, a empresa ainda tem a opção de ofertar outros atrativos para os seus funcionários como estratégia de atrair e reter os talentos. Confira alguns deles a seguir.

Os benefícios estratégicos

Benefícios estratégicos são aqueles que a empresa não está obrigada a oferecer, mas, mesmo assim, proporciona para os seus funcionários. Eles são vários e podem atender diferentes necessidades, com base nos gastos das pessoas que fazem parte da empresa.

Vale-alimentação e refeição

Empresas que possuem mais de 300 funcionários estão obrigadas a ofertar a alimentação para os trabalhadores. No entanto, essa não é uma necessidade em empresas menores. Em vez disso, elas podem oferecer vale-alimentação ou vale-refeição, sem valor mínimo definido.

É um benefício importante para todos os funcionários que cumprem uma carga horária de mais de seis horas por dia e que têm pouco tempo de intervalo. O benefício ajuda na manutenção da qualidade de vida, já que facilita uma alimentação mais equilibrada e exige menos tempo para a preparação dos alimentos de quem mora longe do trabalho.

Assistência médica

A assistência médica é um benefício muito valorizado pelos trabalhadores. Além disso, acaba sendo uma das escolhas mais estratégicas, já que ajuda a reduzir os índices de absenteísmo por motivo de doença. Essa vantagem é otimizada quando a empresa também opta por ações preventivas.

Plano odontológico

Gastos que excedem os planos odontológicos costumam custar caro quando contratados individualmente. Por isso, esse benefício costuma ser muito vantajoso para os profissionais, gerando certa segurança para eles.

Vale-cultura

Esse benefício pode gerar o abatimento de impostos para a empresa e também se torna interessante para aqueles trabalhadores que possuem opções culturais na sua cidade.

Bolsa de estudos

Assim como a assistência médica, a bolsa de estudos é tão benéfica para a empresa quanto é para o funcionário. Isso porque o incentivo acaba sendo um investimento cujos resultados retornam para o negócio em forma de qualificação. Ele aprimora a qualidade do trabalho em equipe, além de aumentar significativamente a satisfação e motivação.

Além desses, existem outros benefícios que podem ser atrativos, como:

  • auxílio-creche;
  • programas de parceiros;
  • cartões-presente.

Como escolher os benefícios ideais

Conhecer a realidade dos funcionários da sua empresa é essencial para acertar a mão no momento de escolher os benefícios para oferecer às equipes. É preciso ter em mente que a oferta da empresa deve gerar uma vantagem real para o trabalhador. Não adianta oferecer um vale-cultura, por exemplo, se a equipe não valoriza esse tipo de atividade.

Para evitar esse problema, é importante que a empresa paute sua decisão em alguns aspectos:

  • ouça os colaboradores — a melhor forma de acertar na escolha é descobrir o que será mais útil para a maioria, seja um desconto em academias, o sorteio de um dia diferenciado para alguns colaboradores ou happy hour toda sexta, por exemplo;
  • avalie a relevância — é importante verificar se o “benefício” que a empresa está oferecendo não poderia ser alcançado por outros meios por qualquer pessoa, mesmo que não sejam funcionários da empresa, pois, ele precisa ser realmente uma vantagem exclusiva;
  • priorize a inclusão — benefícios que incluem apenas um grupo de funcionários ou possuem uso elitizado (tal como adesão para alguns níveis hierárquicos) não são eficientes, é preciso pensar em algo que todos possam utilizar;
  • implemente em toda a empresa — busque formas de garantir benefícios com qualidade semelhante mesmo quando eles são ofertados em filiais ou cidades diferentes, pois, oferecer uma vantagem apenas para uma região pode não ser bem percebido pelas equipes;
  • simplifique os benefícios — fuja de implementações burocráticas e lentas, os benefícios devem ser processados de forma simples e eficiente, e não se tornar uma dor de cabeça para o RH.

Com esses passos, fica muito mais fácil acertar na escolha dos benefícios para os colaboradores. Lembre-se sempre de que eles foram criados para ser uma vantagem proporcionada pela sua empresa exclusivamente para os seus funcionários. Assim, precisa gerar um valor real e perceptível pela equipe.

Agora que você já conferiu vários benefícios para colaboradores e descobriu como escolher o ideal, compartilhe este post no Facebook e LinkedIn e divulgue essa informação!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Veja mais conteúdos que podem te interessar

Comentários

Comentários estão fechados.