Gestão

6 razões para a sua empresa escolher o PAT

0

Se você trabalha no RH de uma empresa ou é dono de um estabelecimento comercial, certamente já ouviu falar do PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador). Esse é um programa que busca estimular a prática de uma alimentação saudável, e oferece incentivos fiscais, entre outras vantagens, às empresas inscritas.

Sem tempo para ler? Dê o play para ouvir.

Em dezembro do ano passado, foram aprovadas novas leis que modernizaram o PAT, e a Alelo, atenta às mudanças, disponibilizou uma ferramenta para facilitar ainda mais o dia a dia de quem cuida da gestão dos benefícios de alimentação e refeição.

Quer saber mais? Então continue lendo para entender por que vale a pena aderir ao PAT, além de conhecer a nova calculadora da Alelo, que permite simular quanto a sua empresa pode economizar ao participar do programa.

A seguir, a gente explica tudo direitinho pra você. Vamos lá?


1. Economia para sua empresa

Quer motivo melhor para aderir a um programa do que saber que ele ajudará na economia da empresa?

Para aquelas que forem cadastradas no Simples Nacional ou possuírem tributação baseada no lucro presumido, o PAT possibilita a isenção de encargos sociais, como INSS e FGTS, sobre o valor do benefício.

Além disso, as organizações que declaram o Imposto de Renda pelo regime de lucro real podem contar com a dedução do incentivo fiscal do valor concedido dentro do PAT, limitada a 4% do imposto devido.

Para saber exatamente quanto sua empresa pode economizar, faça uma simulação na calculadora Alelo, preenchendo dados como o número de colaboradores que recebem o benefício e valor do benefício por colaborador no PAT.

Informe também qual regime tributário sua empresa pratica, assim você poderá ter as seguintes informações:

  • De quanto será o benefício de Imposto de Renda;
  • Qual o gasto total da empresa com os benefícios do PAT;
  • Qual o total da economia com encargos.

Clique aqui para acessar a calculadora do PAT.

2. Saúde e bem-estar dos colaboradores

Estar atento à saúde e qualidade de vida dos trabalhadores é uma prática comum hoje nas empresas que valorizam seu capital humano. E o PAT contribui com esse propósito desde que foi criado, em 1976, com foco na segurança alimentar e nutricional dos funcionários.

Como num efeito dominó, oferecer condições para uma alimentação saudável do colaborador, além de ser uma responsabilidade social, é uma maneira de aumentar sua motivação e também sua produtividade no trabalho, reduzindo faltas e afastamentos por doenças.

Sem contar que o clima positivo no ambiente profissional favorece o relacionamento com o cliente. E aí todo mundo sai ganhando.

Nada mal, hein?


3. Mais liberdade de escolha na hora de comer

Com benefícios como os cartões Alelo Refeição e Alelo Alimentação, o colaborador pode escolher onde comer, priorizando refeições de maior qualidade nutricional, segundo suas preferências gastronômicas e financeiras, claro.

Ou seja, dentro da rede credenciada, é possível optar pela comidinha caseira da esquina, o self-service mais em conta do outro quarteirão ou um lanche saudável, mas caprichado, e pertinho da empresa.

O Alelo Refeição pode ser utilizado em milhares de estabelecimentos comerciais, entre restaurantes, lanchonetes, padarias, quiosques, fast-foods e muitos outros, espalhados por todas as cidades do Brasil.

Já o Alelo Alimentação é aceito em diversos estabelecimentos, entre supermercados, açougues, mercearias, padarias e similares de todo o Brasil. Este benefício também é uma ótima alternativa às cestas físicas, que exigem espaço para armazenamento, cuidados quanto à validade dos alimentos e logística para distribuição das mesmas.

4. Oferta de cartão único com contas separadas

Outra solução compatível com o PAT é o Alelo Tudo. É um cartão unificado, com contas separadas.

O Alelo Tudo permite que a empresa defina o portfólio de benefícios conforme sua necessidade – seja para alimentação, refeição, auxílio home office, ajuda de custos de mobilidade, cultura, saúde, concessão de subsídio, antecipação salarial e muito mais. É um benefício que traz muitas vantagens para você e sua equipe.

Lembrando que o que conta para o PAT, são as despesas com alimentação.

5. Mais flexibilidade na oferta da alimentação

Há várias formas de oferecer benefícios de refeição e/ou alimentação aos colaboradores. Cada empresa deve optar pelo serviço que melhor se adequar às suas demandas. São eles:

  • Cartão de vale-alimentação ou vale-refeição – Permite eliminar o refeitório e a preocupação com armazenagem e validade dos alimentos. Além de uma oferta mais variada para os funcionários, oferece mais praticidade e economia para a empresa;
  • Cozinha terceirizada – Uma empresa do ramo de alimentação assume o preparo e distribuição das refeições em um refeitório no próprio ambiente de trabalho;
  • Serviço próprio – A comida é produzida e distribuída no local, por equipe própria contratada;
  • Cesta básica – São distribuídas cestas de alimento para que o colaborador prepare em casa e leve ao trabalho sua refeição;
  • Refeições terceirizadas – As refeições são produzidas fora da empresa, cabendo ao fornecedor o preparo e a entrega das mesmas.

6. Facilidade para se inscrever no PAT

Aderir ao programa é simples: podem participar todas as empresas que estão no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e possuem pessoas contratadas, mesmo que seja somente um funcionário. O cadastro é feito online e de forma gratuita.

Uma vez realizada a inscrição, ela é válida de forma contínua. É necessário que se faça a atualização de dados apenas caso ocorra alguma modificação nas informações cadastrais. Tranquilo, não?

Agora que você se convenceu dos benefícios do PAT, veja aqui como fazer o cadastro no programa para oferecer mais benefícios para sua equipe. Aproveite!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.