Dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que os casos de depressão no ambiente de trabalho estão aumentando globalmente. Houve uma alta de 18,4% entre 2005 e 2019. Ao que tudo indica, cada vez mais trabalhadores estão ficando tristes. A previsão da OMS é que a depressão seja a mais incapacitante em todo o mundo neste ano.

No Brasil, cerca de 80 mil trabalhadores são afastados todos os anos pela Previdência Social em razão do mal. Hoje, o país é considerado o campeão de casos na América Latina, com 5,8% da população com depressão. Mas como podemos reverter isso e usar o bom humor para aumentar a produtividade das empresas?

Obviamente, a depressão é uma questão de saúde pública e deve ser tratada de forma séria. Mas antes que acometa outras pessoas, a ideia é que o local de trabalho se torne mais leve e o humor seja uma ferramenta para conseguir resultados melhores.

Benefícios do bom humor no trabalho

As empresas já estão de olho nisso. Um estudo da Robert Half, consultoria de Recursos Humanos, descobriu que 91% dos executivos brasileiros entrevistados acreditam que o bom humor é importante para o avanço na carreira, assim como 84% acreditam que, em nível organizacional, as empresas estão aderindo ao que elas próprias chamam de ‘a vantagem do humor’. Ou seja, tornar o ambiente de trabalho mais leve é cada vez mais necessário.

Maryana Rodrigues, especialista em inteligência emocional, afirma que é fundamental gerar uma sensação de bem-estar comum, com mais otimismo e incentivo nas organizações. Em 2019, ela fundou a HumorLab, uma consultoria que treina executivos em frentes como autoconhecimento, comunicação, criatividade e liderança, sempre usando pilares do bom humor.

Ao todo, já foram capacitados 500 executivos e mais de 10 mil pessoas passaram por suas palestras. “Não queremos criar um exército de piadistas de plantão, mas ensinar a olhar para os temas com mais leveza”, diz. Nos treinamentos, a parte teórica e técnica estão presentes, mas a sutileza com que as informações são passadas é evidente.

A executiva defende que o tema sobre a qualidade do humor esteja na agenda do RH. “Será que o RH, com tantas responsabilidades e demandas de contratação diariamente consegue perceber as dificuldades e os dramas pessoais e profissionais dos funcionários?”, questiona. Ela diz que essa é uma tarefa humanamente difícil, que exige observação, sensibilidade e que os robôs ainda não são capazes de fazer.

Psicologia explica como o bom humor ajuda na produtividade

O psicólogo norte-americano James Lin, especialista em inteligência emocional, afirma que “quem ri junto, trabalha melhor”, pois as energias positivas vindas do bom humor e do sorriso proporcionam a melhoria geral no ambiente de trabalho.

Ele defende que pessoas bem-humoradas e sorridentes desencadeiam um clima mais amigável e participativo dentro do ambiente de trabalho – e isso culmina em mais diálogo, possibilidade de inovação e, consequentemente, produtividade maior.

Como manter o bom humor em situações difíceis

É claro que manter o bom humor em tempos cada vez mais competitivos não é uma tarefa fácil. Os empreendedores também sofrem para lidar com as oscilações de humor decorrentes das dificuldades do dia a dia. Alguns nomes bem-sucedidos como Elon Musk, fundador da Tesla, e Jack Ma, bilionário chinês que fundou o Alibaba, tiveram trajetórias desafiadoras, com trabalho intenso, dedicação integral e até abriram mão da vida pessoal para o bom andamento de seus negócios.

Mas será que precisa ser assim para se ter sucesso? Para os psicólogos e especialistas em comportamento e carreira, o lado emocional de quem está nesse nível de comprometimento deve ser acompanhado de perto.

Por isso, separamos sete dicas para quem quer manter o bom humor no ambiente de trabalho. Confira a seguir:

1 – Não guarde para depois: se há alguma situação em que se sinta desconfortável, resolva-a o quanto antes, de forma direta e mais amigável possível.

2 – Cuide do físico: procure manter uma dieta saudável e pratique exercícios. Essas frentes agem diretamente no seu humor diariamente.

3 – Pratique a escuta: se abra para ouvir o outro. Dedique um tempo na sua rotina organizacional para ouvir sobre seus colegas de trabalho e conhecer seus gostos e comportamentos.

4- Releve comportamentos atípicos: todas as relações estão sujeitas a rompantes decorrentes de mudanças súbitas de humor por conta de alguma frustração. Não encare todas as ações de seus companheiros de trabalho como definitivas; dê uma nova chance sempre que possível.

5 – Capacite-se com frequência. Participe de cursos, palestras, treinamentos, seminários. O aprendizado é importante para manter-se atualizado e fará com que você se torne uma referência na empresa.

6 – Pense positivo. Toda situação pode ser vista por diferentes ângulos. Escolher encarar a vida por um prisma de otimismo é saudável para manter o bom-humor.

7 – Recalibre as expectativas. Alta performance no trabalho envolve perseguir metas, acreditar na superação de obstáculos, realizar e receber sua recompensa pela dedicação. Quando a realidade é diferente da expectativa, a desilusão deixa qualquer um de mal humor. Nesta hora, baixar a guarda e analisar as lições aprendidas neutraliza o sentimento negativo. Por fim, recalibrar é preciso porque bom-humor no trabalho é fundamental.

Qual dica você mais gostou? Você conhece outras ideias para ativar o bom humor? Conte para gente nos comentários.

 

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Veja mais conteúdos que podem te interessar

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *