Educação FinanceiraEspecial

Quem optou pelo saque-aniversário pode sacar o FGTS em caso de demissão? 

Quem optou pelo saque-aniversário pode sacar o FGTS em caso de demissão?
0

Em caso de demissão, o trabalhador que optou pelo saque-aniversário, ainda mantém o direito de sacar o FGTS?

A manutenção ou não do benefício do FGTS ao sair do posto de trabalho é uma das maiores dúvidas entre tantas que rondam a cabeça daqueles que querem aproveitar essa graninha extra do saque-aniversário para abater as dívidas ou realizar de vez aquele sonho antigo.

Veja a seguir o que acontece com o trabalhador demitido em relação ao fundo de garantia, além de saber mais informações básicas sobre o saque-aniversário. Vamos lá?

O que é e como funciona o saque-aniversário?

Tá lá na Lei 13.932/2019: o saque-aniversário é uma modalidade opcional que permite a todo trabalhador com carteira assinada sacar parte do saldo de sua conta do FGTS anualmente, no mês do seu aniversário.

Quem tem direito ao saque-aniversário é todo trabalhador que possui conta vinculada de FGTS, ativa ou inativa, independentemente de estar trabalhando ou não.

Entre janeiro e julho de 2023, de acordo com dados da Caixa Econômica Federal, mais de 32,7 milhões de trabalhadores aderiram ao saque-aniversário, com um total de R$ 8,5 bilhões sacados.

Para ter acesso ao seu saldo, é necessário:

  • Ter 18 anos ou mais, ou ser emancipado;
  • Possuir conta-corrente ou poupança, em seu nome;
  • Dispor de saldo em contas ativas ou inativas do FGTS, sem bloqueio;
  • Optar pela modalidade de saque-aniversário.

A consulta do FGTS deve ser feita nos canais oficiais, o que evita o risco de golpes. São as seguintes plataformas:

Fiz o saque-aniversário e fui demitido, e agora?

Ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador automaticamente desabilita a opção padrão de saque-rescisão.

Assim, enquanto a modalidade do FGTS estiver programada para saque-aniversário, durante os próximos dois anos após o pedido de mudança dessa modalidade, o trabalhador perde o direito de sacar o valor integral após ser demitido.

Se a demissão acontecer no período de vigência do saque-aniversário, o trabalhador receberá a multa rescisória, mas o saldo residual ficará retido na conta do FGTS, o que só poderá ser sacado nos saques-aniversários futuros. 

Que tal dar uma adiantadinha no seu saque-aniversário do FGTS?

Se você já está de olho no seu benefício, saiba que com a Alelo e a Digio, você pode adiantar 7 parcelas do saque-aniversário do FGTS.

Se não puder esperar até o dia do seu aniversário, basta fazer a solicitação no app Meu Alelo e o dinheiro cai na sua conta em até dois dias! 

Confira mais detalhes e aproveite o seu saque-aniversário!  Fale com a Digio pelo WhatsApp.

Fale com a Digio

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Pesquisar

Login/Sign up
Login/Sign up