Sucesso na Broadway e até então inédito no Brasil, “O Jovem Frankenstein” estreia em São Paulo depois de uma temporada grandiosa no Rio de Janeiro!

O espetáculo, que ficou em cartaz no Teatro Multiplan, desembarca no Teatro Bradesco, na capital paulista. As apresentações começam em 18 de janeiro e vão até 17 de março.

O elenco é formado por nomes de peso, que incluem Marcelo Serrado, Dani Calabresa, Totia Meireles, Malu Rodrigues, Fernando Caruso, Bel Kutner, Claudio Galvan, Hamilton Dias e outros.

Além dos atores, o espetáculo conta com uma orquestra com nove músicos e coordenação artística de Tina Salles.

Preparamos um texto completo para você saber mais detalhes sobre a versão brasileira do musical “O Jovem Frankenstein”! Vamos lá?

A história do espetáculo

“O Jovem Frankenstein” acompanha o Dr. Frederick (Marcelo Serrado), um neurocirurgião que dá aulas em uma Faculdade de Medicina sobre o sistema nervoso central.

De repente, Dr. Frederick descobre que recebeu um castelo na Transilvânia como herança de seu avô, Victor Frankenstein.

Chegando lá, o médico conhece o livro deixado pelo seu parente que conta a experiência que o avô tinha em reanimar mortos.

Inspirado pela teoria, Frederick decide tentar reviver a proposta do seu avô. Mas as coisas não saem como o esperado.

O começo de “O Jovem Frankenstein”!

Lançado nos cinemas há quase cinco décadas, “O Jovem Frankenstein” (1974) é um exemplo da genialidade de Mel Brooks, uma das raras personalidades que já receberam os quatro maiores prêmios da indústria de entretenimento americana: Emmy, Grammy, Oscar e Tony.

As sacadas do longa-metragem o tornaram, sem dúvidas, um grande clássico da comédia. Afinal, Mel Brooks utiliza o universo dos filmes de terror para construir uma hilariante sátira.

A história apresentada por Mel Brooks é inspirada no clássico “Frankenstein”’, escrito pela britânica Mary Shelley e publicado em 1818, considerado um pioneiro na ficção científica. Nesta obra, o protagonista é justamente Victor Frankenstein, um estudante que constrói um monstro em seu laboratório.

O Jovem Frankenstein” estreia na capital paulista
Hamilton Dias e Dani Calabresa – Foto: André Wanderley / Divulgação

Adaptação teatral chega a São Paulo

Uma sátira aos filmes de terror e ficção científica que ganhou o mundo, “O Jovem Frankenstein” foi adaptado para o teatro musical em 2007 e trilhou trajetória de sucesso na Broadway, com centenas de apresentações.

Após o estrondoso sucesso de “Mamma Mia!”, a produtora Aventura e a Möeller&Botelho se reuniram novamente para desenvolver a versão brasileira do espetáculo, que teve sua temporada inicial no Rio de Janeiro de agosto a outubro de 2023.

No Brasil, a dupla Charles Möeller & Claudio Botelho foi responsável por levar essa história aos palcos e celebrar a obra de Mel Brooks.

No elenco estão Marcelo Serrado (Frederick Frankenstein), Dani Calabresa (Elizabeth Benning), Totia Meireles (Frau Blücher), Malu Rodrigues (Inga), Fernando Caruso (Igor), Bel Kutner (Inspetora Hans Kemp), Claudio Galvan (O ermitão), Hamilton Dias (O Monstro), entre outros.

A orquestra está sob regência do maestro Marcelo Castro, que também é o responsável pela direção musical.

O espetáculo é apresentado pela Bradesco Seguros, patrocinado pela Riachuelo e Eurofarma, com apoio da Alelo e B3, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura, Governo Federal União e Reconstrução.

Ao blog da Alelo, Hamilton Dias afirmou que vale muito a pena assistir “O Jovem Frankenstein”, porque o espetáculo é muito diferente de tudo que se vê normalmente em musicais. “Não é só porque eu estou fazendo não, mas está muito bonito mesmo”, contou.

Os ingressos para a temporada já estão disponíveis pelo site do Uhuu. Vale lembrar que o Teatro Bradesco está localizado no Bourbon Shopping (R. Palestra Itália, 500 – 3° Piso – Perdizes).

Use seu Alelo Cultura para curtir o espetáculo!

Sabe o melhor de tudo? Dá pra comprar ingresso usando seu Alelo Cultura e curtir um espetáculo superdivertido!

O vale-cultura é um benefício para empresas comprometidas com o bem-estar e o enriquecimento cultural de seus colaboradores. Ele pode ser utilizado para pagamento de ingressos em teatros, cinemas, shows, museus e exposições, servindo também para a compra de produtos em livraria. <3

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.