Empreendedorismo

Como os dados podem ajudar na tomada de decisões importantes do seu negócio?

0

A análise preditiva de dados é uma técnica que ajuda a prever cenários e identificar tendências com base em inteligência artificial ou outras tecnologias. Aplicar esta análise no seu estabelecimento pode te ajudar na tomada de decisões para gerar mais negócios.

Quer saber como? Vem com a gente!

Quando utilizar dados para a tomada de decisões

Imagina só um restaurante que faz sucesso com seus pratos de café da manhã. Para aumentar sua receita, o proprietário pensou na possibilidade de oferecer o mesmo cardápio em outros horários.

Mas essa decisão implicaria em comprar uma quantidade maior dos ingredientes, mais espaço para armazená-los e mais trabalho na cozinha em períodos de grande movimento, como no almoço. Será que vale a pena?

Para tomar esta decisão, muitas perguntas precisam ser respondidas, como:

  • E se o aumento no consumo do cardápio matinal diminuir as vendas dos pratos do almoço, que são mais caros? Isto pode causar um prejuízo ao negócio?
  • E se a oferta do café da manhã em outros horários não tiver apelo junto ao público? O investimento será jogado fora?
  • E se a cozinha não conseguir atender a maior demanda e as entregas demorarem mais, causando frustração nos clientes?

São muitos “ses”, não é?

É aí que entram os dados. Mais especificamente, a análise preditiva de dados que ajuda a responder as dúvidas com mais precisão, através de um cenário próximo do real, facilitando assim a tomada de decisões pelos donos do negócio.

Neste exemplo, a resposta poderia ser animadora: a venda do cardápio da manhã em outros horários aumentaria as vendas para os clientes antigos e ainda traria novos clientes para o local.

Assista ao vídeo da Live de Dados e baixe o e-book para saber como aplicar este conhecimento no seu negócio.

Quais os tipos de dados

Existem os dados estruturados e os não estruturados. Os dados estruturados se referem a sexo, idade, faturamento, número de vezes que a pessoa entra no internet banking, dentre outros. Os dados estruturados, portanto, fazem parte do sistema de informação da empresa, como um cadastro do cliente.

Eles tem a mesma natureza, por isso podem ser facilmente organizados num banco de dados, ou numa tabela de excel por exemplo.

Já os dados não estruturados são aqueles originados em diferentes canais e formatos (imagem, som e texto). Como por exemplo, uma empresa que avalia a resposta de uma ação no Instagram, analisa dados de um sistema de reconhecimento facial e informações de relógios smartwatchs. Complicou?

Não precisa se assustar. A Alelo te ajuda a utilizar os dados.

Alelo Mais Clientes: solução ajuda a gerar mais negócios para o estabelecimento

O uso inteligente de dados é o que está por trás do Alelo Mais Clientes, uma solução que pode ajudar os estabelecimentos comerciais a gerarem mais negócios.

O comerciante interessado em promover uma oferta pode criar uma promoção, por exemplo. A Alelo então se encarrega de divulgá-la para a sua base de clientes, selecionando aqueles que mais se encaixam ao perfil do negócio. Seja pelos hábitos de consumo, seja pela região onde vivem ou outras características que dão “match” com o negócio.

O estabelecimento então escolhe qual benefício irá devolver aos clientes, sempre que eles comprarem por meio das promoções. Com essa parceria, a ideia é criar fidelidade, fazendo com que os clientes comprem mais vezes.

Saiba mais aqui.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.