Atualmente, sabe-se que o nível de satisfação dos funcionários está diretamente relacionado com os resultados financeiros de uma empresa, a cultura organizacional interna e o ambiente saudável, o que aumenta a qualidade de vida e performance de seus times. Por isso, os gestores têm reconhecido, cada vez mais, a importância e os benefícios dos programas de qualidade de vida no trabalho.

Também chamada de QVT, ela une a produtividade do trabalhador aos bons resultados da empresa, por meio da satisfação pessoal e profissional do funcionário no ambiente de trabalho. Com isso, a retenção de talentos e o bom clima organizacional são apenas algumas das consequências positivas.

Se você quer saber mais sobre a QVT, acompanhe este artigo. Vamos explicar o que é a qualidade de vida no trabalho, seus principais benefícios e com quais técnicas você pode implementá-la na sua empresa. Confira!

O que é qualidade de vida no trabalho?

A QVT surgiu por volta dos anos 1960, a partir da constatação de que funcionários mais felizes e motivados produzem mais e melhor. Além do incentivo de bons salários e benefícios atrativos, a QVT consiste em um conjunto de técnicas e ações tendo como princípio a satisfação do trabalhador.

Ela se preocupa, portanto, com as necessidades de cada profissional e oferece oportunidades de crescimento e desenvolvimento na carreira. Dessa forma, a QVT contribui para que os colaboradores tenham mais qualidade, tanto na vida pessoal quanto profissional.

O objetivo final é proporcionar um ambiente saudável e seguro para o trabalhador, de modo que ele possa explorar suas potencialidades da melhor forma e exercer seu ofício com prazer e bem-estar. Consequentemente, o profissional satisfeito apresenta melhor desempenho. Isso porque ele trabalha com mais motivação, maior entusiasmo e comprometimento com os objetivos organizacionais.

Portanto, os efeitos da QVT caminham em mão dupla: de um lado, cria-se uma equipe com alto grau de satisfação e, de outro, o bom desempenho de cada colaborador potencializa os resultados positivos da organização.

Quais são seus benefícios?

Como dissemos, investir na qualidade de vida no trabalho é bom não apenas para os funcionários. O reflexo é positivo também para a empresa e a otimização de seus resultados.

Confira os principais benefícios dos programas de QVT:

Maior engajamento das equipes

Uma equipe satisfeita se sente mais valorizada e, com isso, se torna mais engajada com o trabalho, comprometendo-se com as metas da corporação, com os desafios do dia a dia profissional e com a busca de soluções criativas e inovadoras. Tudo isso melhora não somente o desempenho do trabalhador, mas também o relacionamento com clientes e os resultados da empresa.

Redução do turnover

A alta rotatividade de pessoal — o chamado turnover — é um dos grandes problemas de gestores e demais profissionais de recursos humanos. Com a QVT, a taxa entre admissões e demissões pode ser melhorada, de modo a reduzir custos com desligamentos e novas contratações, além de evitar a queda na produtividade dos trabalhadores.

Assim, ações como o investimento adequado no treinamento dos funcionários e a valorização de suas competências e habilidades reduzem o turnover e contribuem para a retenção de talentos.

Falamos um pouco mais sobre retenção de talentos no artigo “Os 7 maiores desafios que gestores de RH enfrentam“.

Melhora na saúde do trabalhador

A desmotivação, o alto nível de estresse e o ambiente de trabalho desagradável são algumas das principais causas da baixa qualidade de vida nas empresas. Como consequência, a organização pode ser prejudicada com a alta taxa de absenteísmo, enfermidades e afastamentos.

Com a QVT, os funcionários são beneficiados com condições mais saudáveis de trabalho. Com a devida atenção quanto à saúde e à segurança do trabalhador, os resultados são a melhoria na saúde física e psicoemocional, bem como a redução das doenças laborais.

Melhor clima organizacional

Uma empresa com programas de QVT contribui para a construção de um ambiente de trabalho saudável e seguro, melhores relações interpessoais, boa comunicação interna e criação de áreas para melhor integração entre os funcionários.

Tudo isso diminui os conflitos e aumenta a motivação e o bem-estar do colaborador. Consequentemente, ele se sente bem na empresa em que trabalha e vê maiores possibilidades de futuro na organização.

Aumento da produtividade

Com todos esses benefícios trazidos pela qualidade de vida no trabalho, o profissional apresenta mais qualidade no desempenho, uma vez que está feliz e motivado na execução de suas tarefas. Por sua vez, a empresa otimiza seus resultados, aumentando os lucros e a rentabilidade.

Como implementar a QVT?

Para alcançar alto grau de satisfação dos trabalhadores, a organização pode adotar algumas boas práticas e estratégias de melhoria na qualidade de vida de seus funcionários.

Veja a seguir as principais técnicas que os gestores podem utilizar:

Abrir espaço para o diálogo

Ouvir a equipe e dar liberdade para que o trabalhador analise o ambiente de trabalho, proponha mudanças, dê sugestões de ideias e faça críticas construtivas é fundamental para aumentar a qualidade de vida no trabalho. Um diálogo aberto e mais horizontal entre os colaboradores faz o profissional se sentir valorizado, além de ser um ótimo feedback para a empresa implementar melhorias.

Incentivar as pausas

Tirar um tempo para descansar é fundamental. Segundo a Pesquisa sobre os “Hábitos Financeiros dos Brasileiros“, 23% dos entrevistados afirmam que as pausas para almoço e lanche estão menos frequentes, sendo que a principal causa é o aumento da demanda de trabalho.

No entanto, é importante reduzir o ritmo nos momentos de menor produtividade. As pausas são essenciais para repor as energias mentais, manter o foco e a concentração, retomando o bom desempenho na execução das tarefas.

Estimular a motivação

Trabalhar a descoberta de suas próprias motivações, desejos e sonhos ajuda no autoconhecimento do profissional e também no alinhamento entre o que ele quer e como a empresa pode ajudar nesse processo.

Para tanto, pode-se, por exemplo, criar dinâmicas e proporcionar orientações profissionais. Assim, o trabalhador se sente mais motivado a alcançar as metas e os objetivos traçados, conciliando os interesses individuais com os da organização.

Valorizar o profissional

Outra eficiente técnica da QVT é investir em cursos, em um pacote completo de benefícios e no treinamento e desenvolvimento do profissional. Uma estação de trabalho adequada e projetos de ergonomia também são importantes para oferecer melhor condição de trabalho e mais qualidade de vida.

Dê, ainda, feedbacks construtivos que ajudem na evolução do profissional, mostrando seus erros e elogiando os acertos. O reconhecimento e a valorização do colaborador contribuem significativamente para elevar seu nível de satisfação.

Como você viu, a QVT é uma estratégia fundamental para contribuir no aumento da satisfação dos colaboradores. Com técnicas simples de serem implementadas, os benefícios são imensos, tanto para a realização do profissional quanto para o alcance de melhores resultados organizacionais.

E você, o que tem feito na sua empresa para melhorar a qualidade de vida no trabalho?