Gestão

Dia do profissional de RH: 5 tendências para a profissão que é todinha sobre pessoas

0

A área de recursos humanos é determinante para o funcionamento de uma empresa. Afinal, ela é responsável pelo bem mais importante das companhias: as pessoas.

Para reconhecer a importância dessa profissão, no dia 3 de junho é comemorado o Dia do Profissional de Recursos Humanos.

A data é celebrada desde 1976, quando foi fundada a Federação Mundial de Associações de Gestão de Pessoas, a WFPMA (World Federation of People Management Associations).

Então se você é RH, parabéns pelo seu dia e o nosso muito obrigado!

Nos últimos anos, os RHs das empresas desempenharam um papel ainda mais estratégico ao lidar com as mudanças impostas pela pandemia. Foram muitos desafios:

  • adaptações no formato de trabalho;
  • muitas horas extras;
  • questões de saúde mental;
  • pressão por entrega de resultados e muito mais.

Por isso, o blog da Alelo preparou este post para mostrar um pouquinho do que faz uma profissional de RH. Além de algumas tendências para esta profissão, que vem ganhando cada vez mais importância nos últimos anos. Vem com a gente!

O que faz uma profissional de RH?

Em suma, a profissional de RH é a pessoa que administra muitas vidas dentro da empresa. E não é pouco trabalho não!

Ela traz o colaborador para o trabalho, cuida do seu bem-estar, e consequentemente de toda sua família. Mede a produtividade e é ponto de apoio da relação com o empregador para que os resultados apareçam.

Além de encabeçar questões técnicas, como folha de pagamento e recrutamento, as profissionais de RH são responsáveis por toda a jornada do colaborador nas empresas, desde quando eles ainda nem foram contratados, até mesmo depois de serem desligados.

Por isso, as responsabilidades de profissionais de RH estão divididas em algumas frentes principais, como:

  • Atração e seleção de talentos: headhunters, consultoras e recrutadoras têm o importante papel de atrair pessoas e, consequentemente, resultados para a corporação;
  • Retenção de talentos: criação de políticas de benefícios, plano de carreira e desenvolvimento pessoal;
  • Comunicação interna: manutenção do clima, administração de conflitos, gestão da cultura organizacional;
  • Políticas ESG: liderança de ações para diversidade, sustentabilidade e governança humanizada. E muito mais.

E se você estranhou o uso do pronome feminino neste post, saiba que é isso mesmo. Ela/she/Ella domina a profissão. Segundo pesquisa do Mercadômetro, as mulheres são maioria na área, representando cerca de 75,2% dos trabalhadores do setor.

Cargos mais comuns da área

  • Gestora de recrutamento e seleção;
  • Consultora de recursos humanos;
  • Analista de recursos humanos;
  • Gerente ou diretora de recursos humanos;
  • Supervisora e analista de cargos, salários e carreiras;
  • Assistente de departamento pessoal;
  • Analista de treinamento e capacitação.

Rotina de uma profissional de RH:

  • reuniões com os times de colaboradores para feedbacks e gestão de plano de carreira;
  • reuniões com os líderes para acompanhamento de resultados;
  • planejamento e execução de campanhas internas – temas que vão de ESG à LGPD;
  • pesquisas e controle de produtividade e engajamento dos times;
  • desenvolvimento das políticas internas;
  • difusão da cultura organizacional.

Como se destacar como profissional de RH?

Além de aproveitar o dia do profissional de RH para celebrar a importância dessas colaboradoras na engrenagem das companhias, a data é uma oportunidade de mapear os próximos passos para esse setor.

Mariana Horno, gerente da área de recrutamento de RH, TI e Legal da consultoria Robert Half, destaca que as tendências para a profissão de RH estão voltadas para uma visão conectada ao negócio e uma gestão mais ligada à produtividade.

“Receber demandas prontas dos líderes, sem ter a percepção exata da necessidade e conexão com os negócios e resultados, não funciona mais”, diz.

Confira outras demandas que já fazem parte da área no dia a dia:

1- RH no centro da estratégia

A profissional de RH deve estar mais conectada com as necessidades macro da companhia, e com os detalhes relacionados às demandas de cada área específica e suas respectivas lideranças.

Isso porque existem diferenças de necessidades entre elas, e tal individualização é essencial para o atendimento do todo e a entrega de resultados.

2- Gestão de equipes remotas

O trabalho remoto também é uma mudança que veio para ficar em muitas empresas. “Diante dessa tendência, trabalhar no engajamento dos funcionários, considerando a conexão com a transformação cultural e digital, parece algo cada vez mais presente e necessário”, diz Mariana, que também pontua a necessidade de se aprimorar na gestão de equipes híbridas.

3- Diversidade como pauta nas contratações

É inegável que equipes diversas são benéficas para a estrutura das corporações. Por isso, a forma de recrutar também precisa ser transformada. Um relatório realizado pela consultoria McKinsey, em 2020, aponta os benefícios da diversidade de um ponto de vista de negócios.

De acordo com o levantamento, que ouviu empresas de capital aberto da América Latina, incluindo o Brasil, aquelas com maior diversidade nas lideranças em termos de orientação sexual têm mais probabilidade (25%) de superar a performance financeira de seus pares.

Ou seja, além da questão social, o pilar financeiro também é contemplado com essas iniciativas de contratações de amplo escopo.

4- People Analytics é tendência

O People Analytics é muito importante para a tomada de decisão no setor de RH. Trata-se de um método de gestão de pessoas baseado na coleta e análise de dados sobre os funcionários. A tecnologia facilita a antecipação de tendências e a criação de estratégias dentro da companhia.

Para se ter uma ideia da relevância do tema, uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, em 2021, mostrou que o setor de recursos humanos está apostando alto no potencial de People Analytics para a gestão de pessoas.

O levantamento entrevistou mais de 7 mil profissionais de RH em 35 países diferentes. Deles, 73% afirmam que a solução de análise de dados ligadas à movimentação e comportamento dos funcionários será prioridade para suas empresas nos próximos cinco anos.

5- Pacote de benefícios para retenção de talentos

Usados para atração e retenção de talentos, os benefícios ganham força nos novos modelos de trabalho.

Ao contrário das garantias definidas por lei e que precisam ser seguidas por todas as empresas, como o 13º salário e a folga semanal remunerada, os benefícios extras variam de empresa para empresa e são um diferencial competitivo na hora de contratar e reter um profissional.

São muitas possibilidades aqui na Alelo: benefícios do PAT (Programa de Alimentação ao Trabalhador), focados em alimentação, multibenefícios, mobilidade, cultura e o Alelo Tudo, que dá flexibilidade ao RH para escolher a estratégia de remuneração que melhor se adeque às suas necessidades:

  • antecipação salarial;
  • auxílio farmácia;
  • ajuda de custos com combustível. E muito mais.

Não faltam dados mostrando como os benefícios são determinantes para o bem-estar dos colaboradores. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Creditas, startup do segmento de serviços financeiros. Foram entrevistados 1500 funcionários CLTs do Brasil, em dezembro de 2021. 71% dos participantes afirmaram que analisam os benefícios e, se não estiverem satisfeitos, pedem aumento de salário.

Além disso, 76% não estão totalmente satisfeitos com os benefícios recebidos e 92% gostariam de ter um cartão único de benefícios (alow Alelo Tudo).

O levantamento revelou ainda que:

  • 83% dos colaboradores enxergam flexibilidade como fator decisivo ao escolher uma proposta de emprego;
  • 83% dos profissionais satisfeitos com os benefícios são vistos como produtivos;
  • 25% dos que trocaram de emprego nos últimos dois anos fizeram isso por conta do pacote de benefícios;
  • 70% afirmaram que uma ampla gama de benefícios aumentaria a fidelização à empresa.

A Alelo e o setor de RH

Com mais de 18 anos de mercado, a Alelo construiu sua história em parceria com profissionais de RH, compartilhando a visão de que entregar benefícios aos colaboradores vai muito além do cartão alimentação e refeição.

A cada Alelo emitido, a profissional de RH tem todo um trabalho de pesquisa, análise e escolha do melhor pacote de remuneração, que garantirá a segurança alimentar dos colaboradores e de sua família.

Sem contar os programas de premiações, vale-transporte, cesta de Natal e outros cuidados pensados para garantir a motivação da equipe e os resultados da empresa.

Estes são alguns rostinhos da equipe de Gente e Transformação da Alelo, representando uma equipe gigante, de tamanho e coração. Um time focado em garantir o bem-estar de toda a companhia.

E esse carinho com certeza reflete no cuidado que todo colaborador da Alelo tem com os clientes e parceiros.

Por isso, somos Alelo. Somos feitos pra conectar pessoas – de norte a sul, de gente pra gente. Caminhando lado a lado com estes profissionais tão especiais que tornam o trabalho, nossa segunda casa.

Feliz Dia dos Profissional de RH.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.